Odessa

A cratera de Odessa foi descoberta em 1921 logo fora dos limites da cidade de Odessa, e foi a 2ª cratera de origem meteorítica reconhecida nos EUA. Muitos caçadores foram encontrando meteoritos na região desde então, e a massa total recuperada pode passar das 10 toneladas.

Acredita-se que a queda tenha ocorrido a cerca de 200 mil anos, de forma semelhante ao que ocorreu em Sikhote-Alin. A cratera principal tem cerca de 160m de diâmetro e esta altamente coberta por solo e hoje o desnível da cratera é de apenas 5m (acredita-se que quando ela se formou, tinha mais de 20m.
A cratera foi visitada por grandes nomes da meteorítica como Barringer e Nininger. Outras duas crateras foram descobertas nas proximidades, mas estavam totalmente soterradas, totalizando um campo com três crateras e provavelmente outras mais de tamanho menor soterradas.