Wiluna

 No dia 2 de Setembro de 1967, às 10:46pm horário local, depois de uma bola de fogo e de sons de explosão, uma chuva de pedras caiu a aproximadamente cinco milhas (8 km) a leste de Wiluna, Austrália. 490 fragmentos com crosta de fusão e mais um grande número de pedaços quebrados foram recuperados, porém estima-se que o número total de pedras que tenham caido seja de 500 a 1000. A distribuição ocorreu em uma elipse de 4 x 2 milhas (6,4 X 3,2 km) na direção noroeste-sudeste. As massas variaram entre 10 kg de 2.2g, e mais de 150 kg foram de fragmentos foram oficialmente recuperados, sendo que hoje estima-se que mais de 250 kg tenham caido.