Tahoka

Por volta de 1994, um fazendeiro de 78 anos encontrou uma pedra de 7,7 kg enquanto capinava a terra a cerca de quatro milhas (mais de 6 km) a leste de Tahoka, Condado de Lynn, estado do Texas, Estados Unidos. Sua mulher manteve a pedra em seu jardim durante vários anos até sua morte. Depois disso, a pedra foi analisada e confirmada como um meteorito, apesar de ainda não ter sido submetido ao Meteoritical Bulletin Database. Mesmo assim, o fazendeiro passou a usar o meteorito como peso de porta da garagem, e assim o fez durante alguns anos. Por fim, ele resolveu vender metade do meteorito, e a outra metade foi dividida em três partes que foram dadas às três filhas.