Pultusk

A queda ocorreu em 30 de janeiro de 1868 às 07:00 perto da cidade de Pultusk, cerca de 60 km a nordeste de Varsóvia, Polônia. Milhares de pessoas testemunharam uma grande bola de fogo seguida de detonação e uma chuva muito grande de pequenos fragmentos caindo no gelo, na terra e em casas dentro de uma área de cerca de 127 quilômetros quadrados.

A estimativa do número de fragmentos foi mais de 200.000. Os fragmentos variaram de peso de meio grama até 9,095 kg (o maior exemplar). A massa total estimada dos meteoritos foi cerca de 250 kg. A grande maioria dos fragmentos eram pequenos (algumas gramas) e são conhecidos como "Pultusk Peas" ("Ervilhas do Pultusk", em tradução livre). O meteorito Pultusk é uma das maiores quedas de meteoritos rochosos da história.