Buzzard Coulee

Em 20 de novembro de 2008, uma grande bolibo iluminou as noites dos céus da fronteira Alberta/Saskatchewan do Canada. Algumas pessoas ouviram barulhos de granizo em seus telhados na extremidade norte do campo de espalhamento. Após dirigir 3 horas a leste de Edmonton, pedaços foram encontrados próximos a Lone Rock. Alguns fragmentos foram encontrados em um pequeno rio congelado em uma ravina chamada Buzzard Coulee. Foi a ravina que deu o nome ao novo condrito H4.

Os primeiros pedaços foram encontrados por moradores na manhã seguinte, e uma semana depois uma equipe da Universidade de Calgary encontrou mais fragmentos em lagoas congeladas. A Universidade de Calgary foi a primeira a sentir o frenesi da mídia sobre os achados meteoríticos. Uma intensa corrida para caçar novos meteoritos ocorreu logo após alguns dias do achado da equipe de Calgary.