Itapuranga

O meteorito Itapuranga (longitude 50º9' W, latitude 15º35' S), Estado de Goiás, Brasil, foi encontrado na Fazenda Curral de Pedra, distante 18 km a oeste de Itapuranga. O meteorito, medindo 76x65x43 cm, apresenta superfície externa oxidada, com abundância de depressões côncavas. O peso é de 628 quilos e sua densidade aparente de 7,5. O meteorito foi encontrado semi-interrado, pela esposa do proprietário, aflorando pouco mais de um palmo. Mineralogicamente, kamacita e taenita, ocorrendo interpenetrados de forma irregular, numa textura em mosaico, são os principais constituintes. Pequenos e irregulares fragmentos de schreibersita, também sob a forma de rhabdita, aparecem subordinamente. Do ponto de vista estrutural, o siderito é um típico octaedrito grosseiro (largura da lamela de kamacita 1,5 mm), exibindo, uma vez atacado por ácido, as características de linhas de Widmanstätten e Neumann. Dados químicos (Ni, 6,6%; Ga, 96,9 ppm; Ge, 478 ppm; Ir, 2,8 ppm) permitem enquadrá-lo dentro do Grupo IA dos sideritos. O Itapuranga pertence ao Museu do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo.