Melrose (A)

 

O meteorito Melrose, que foi reconhecido pela primeira vez por H. H. Nininger em Fevereiro de 1933 no Condado de Curry, Novo México, EUA, evidentemente representa uma queda muito antiga. A pedra de 36,4 kg, que constitui a massa principal da queda, já havia sido revolvida pelo arado das terras um grande número de vezes.

Por fim, ela foi arrastada para uma vala e posteriormente procurada para ser usada como um peso para um dos implementos agrícolas, onde ela foi encontrada quando a sua verdadeira natureza se tornou conhecida.