Tissint

 Por volta das 2 da manhã hora local em 18 de julho de 2011, uma bola de fogo brilhante foi observado por várias pessoas na região do vale do Oued Drâa, a leste de Tata, Marrocos.

Uma testemunha, Sr. Aznid Lhou, informou que primeiro era da cor amarela, e depois ficou verde iluminando toda a área antes de aparecer se dividir em duas partes. Duas explosões sônicas foram ouvidas sobre o vale. Outras testemunhas foram acordadas pelo barulho da explosão, principalmente militares que se situam ao sul da cidade de Tata.
Em outubro de 2011, os nômades começaram a achar pedras com uma crosta de fusão muito fresca em uma área remota da bacia intermitente de Oued Drâa, centrada cerca de 50 km a leste de Tata e 48 km ao sul da aldeia de Tissint, nas proximidades de Oued El Gsaïb e também perto do planalto de El Ga'ïdat conhecido como Hmadat Boû Rba'ine. As maiores pedras foram recuperadas no planalto de El Ga'ïdat, enquanto as menores foram recuperadas mais perto das montanhas de El Aglâb. O maior fragmento conhecido tem 1,1kg.