Gibeon

O meteorito Gibeon caiu em épocas pré-históricas em uma região árida do centro-sul da Namíbia. Conhecido há muito tempo pelos nativos da área e usado para confecção de ferramentas, foi descoberto pela ciência em 1836 pelo Capitão James Edward Alexander, que levou os primeiros fragmentos para a Europa. Desde aquela época, foram recuperadas 76 massas com mais de 100 kg e mais de 1.000 com menos de 30 kg, todas vindas de um campo de espalhamento de 240 km x 370 km (o maior conhecido). Além disso, ele detém a 6ª maior massa total conhecida de um meteorito.