Sikhote-Alin

Por volta das 10 e meia da manha do dia 12 de Fevereiro de 1947, testemunhas situadas proximas a montanha Sikhote-Alin, Russia, observaram um bólibo cujo brilho era maior do que o do sol proveniente do norte em um descendente de cerca de 41 graus. O brilho e o som do impacto foram observados por testemunhas a 300 km de distância do ponto de impacto. A faixa de fumaça de aproximadamente 32 km de comprimento permaneceu no ar por várias horas.

Ao entrar na atmosfera, o meteorito viajava a uma velocidade de cerca de 14 km/s quando começou a se fragmentar. A uma altitude de cerca de 5.6km, a massa maior se quebrou em uma explosão violenta.

A queda foi testemunhada e pintada pelo artista P.J. Mendvedev, logo após a queda.

 

Classe estrutural:
Octahedrite, Ogg, Widmanstatten bandwidth 9 ±5 mm.

Composição química:
Grupo IIB, com 5.9% Ni, 0.42% Co, 0.46% P, aproximadamente 0.28% S, 52 ppm Ga, 161 ppm Ge, 0.03 ppm