Brahin

 Em 1807, duas massas de 80 kg e 20 kg foram encontradas por fazendeiros de Kaporenki, uma vila do distrito de Brahin (Bragin), em Belarus, antiga república da URRS. Os meteoritos foram enviados para cientistas pelo administrador do distrito. Desde então várias massas foram encontradas no local.

Durante a 2ª Guerra Mundial, fragmentos do meteorito foram roubados em Kiev por soldados alemães e alguns também desapareceram de Minsk.

Em 2002, a massa principal de 227 kg foi encontrada a 3 metros de profundidade na ponta norte do campo de espalhamento do Brahin, que tem 15 km de comprimento, por 3 km de largura e é cortado pelo rio Dnieper.

A área foi contaminada em 1986 durante o desastre de Chernobyl e agora faz parte da Zona de Controle Periódico. Contudo, meteoritos recuperados após o acidente são seguros e sem contaminação porque a radiação apenas afeta os primeiros centímetros do solo, embora a caça de meteoritos na área não é totalmente seguro.

A massa conhecida total deste meteorito é de 1050 kg, mas provavelmente é subestimada.