Pallasovka

Uma pedra pesando 198 kg foi encontrada a 27,5 km de distância da cidade de Pallasovka, na beira de um reservatório artificial de água. Coincidentemente, essa cidade recebeu esse nome em homenagem ao naturalista alemão Peter Pallas (1741 - 1811) que descobriu e estudou o meteorito de Krasnojarsk em 1749, o primeiro meteorito palasito reconhecido no mundo. Devido a isso, essa classe de meteoritos recebeu o nome em sua homenagem.