Coleção Meteoritos
Meteoritos Impactitos
Coleção Brasileiros
Meteoritos Impactitos
A Venda
Meteoritos Impactitos Acessórios
Artigos

Huckitta (Austrália)

Siderólito

Palasito

Achado

Massa Total: 2.3 MT

A primeira massa de mais de uma tonelada foi achada em 1924. Em 1937, mais dois fragmentos foram encontrados, um de 900 kg e outro de 1.411,5 kg (o maior meteorito palasito do mundo). A queda provavelmente ocorreu a milhões de anos, pois apesar de estar em uma região árida, ele apresenta um alto grau de oxidação.

Fatia 4 g

Siderólito

Assim como os acondritos e os sideritos, os siderólitos também são originários de corpos cuja matéria primordial sofreu diferenciação. Este material, originário da nebulosa que formou o sistema solar e presente nos meteoritos condritos, sofreu a ação gravitacional ao longo de bilhões de anos dando origem a todos os corpos que conhecemos hoje no sistema solar como o sol, planetas, asteróides, etc. Da mesma forma que os acondritos provêem da crosta e os sideritos do núcleo, os siderólitos, por sua vez, são originários do manto do corpo parental.

Os siderólitos, também denominados ferro-rochosos, são constituídos de uma mistura de ferro-níquel e minerais silicatos.  São meteoritos raros e, dentro de um universo de aproximadamente 36000 meteoritos cadastrados no “Meteoritical Bulletin Database” em Fevereiro/2009, apenas 229 são siderólitos.
Os siderólitos são o tipo mais exótico e inacreditavelmente belo de meteorito, principalmente o do tipo Palasito. Os cientistas reconhecem três classes de siderólitos, sendo que apenas os Palasitos e Mesosideritos apresentam um número representativo de espécimes.