Coleção Meteoritos
Meteoritos Impactitos
Coleção Brasileiros
Meteoritos Impactitos
A Venda
Meteoritos Impactitos Acessórios
Artigos

NWA 6963 (Guelmim-Es-Semara, Morocco)

Acondrito

Marciano Shergotito

Achado

Massa Total: 8 Kg

Histórico: (H. Chennaoui Aoudjehane, FSAC) Em setembro de 2011, um caçador meteorito marroquino encontrou os primeiros fragmentos do que viria a se tornar o NWA 6963 e vendeu-a AHabibi sem dar a proveniência exata. O caçador continuou coletando outros fragmentos na mesma área durante cerca de 6 meses. Em meados de maio de 2012, a localidade do NWA , perto do rio Oued Touflit, tornou-se amplamente conhecido e centenas de caçadores de meteoritos foi para a área em busca de mais peças. Fragmentos que variam de 100 a 700 g foram recuperados, assim como alguns pedaços pequenos (3-10 g), a maior parte deles são quebrados e parcialmente coberta por uma fina crosta de fusão. A massa total pode ser tanto como 8-10 kg.

Características Físicas: O material recuperado originalmente era composta por três peças cobertas por uma crosta de fusão brilhante totalizando 83. Intemperizmo mínimo. Interior exibe masquelinita e veios de choque fundidos.

Geoquímica: (C. Agee and N. Wilson, UNM) Duas tendências de composições de piroxênio. Pigeonite Fs29Wo11En59 to Fs58Wo16En26, average: Fs39.7±7.7 Wo13.0±2.3 Fe/Mn=33±3 N=108. Augite Fs21Wo34En45 to Fs39Wo31En30, average: Fs28.1±6.2Wo31.6±1.9 Fe/Mn=31±3 N=24. Maskelynite Or2.3±0.7Ab48.3±2.1An49.4±2.6 N=9.  Isótopos de Oxigênio (Z. Sharp, UNM): d18O=4.332; d17O=2.528; ?17O=+0.241 (all per mil).

Classificação: Acondrito (Marciano, Shergotito); intemperismo mínimo.

Espécimes: 17 g incluindo o mateiral de análise na microssonda em deposito na Universidade do Novo México. AHabibi mantém a massa original recuperada.

Fatia 1.725g
Fragmento 0.15g

Acondrito

O termo acondritos significa ausência de côndrulos e, assim como os sideritos, são provenientes de corpos parentais cuja matéria primordial sofreu diferenciação. Este material, originário da nebulosa que formou o sistema solar e presente nos meteoritos condritos, sofreu a ação gravitacional ao longo de bilhões de anos dando origem a todos os corpos que conhecemos hoje no sistema solar como o sol, planetas, asteróides, etc. Os acondritos, por sua constituição mais leve, têm origem nas regiões do manto e crosta do corpo parental, ao contrário dos sideritos que, por serem constituídos de materiais pesados como ferro e níquel, são originários da região central do corpo parental.

Acondritos são originários de processos ígneos em corpos parentais originalmente constituídos por condritos. As rochas terrestres são semelhantes aos acondritos, pois também sofreram processos semelhantes durante formação da Terra que, por sua vez, também teve seu material primordial semelhante aos dos condritos. Os acondritos estão entre os meteoritos rochosos mais raros, porém mais comuns que os condritos carbonáceos.
Os acondritos estão divididos em dois grandes grupos: acondritos ricos em cálcio (entre 5 a 25% ou mais) e acondritos pobres em cálcio (3% ou menos).  Há seis grandes grupos de acondritos: Aubritos (AUB), Diogenitos (DIO), Eucritos (EUC), Hawarditos (HWD), Ureilitos e Brachinitos.