Coleção Meteoritos
Meteoritos Impactitos
Coleção Brasileiros
Meteoritos Impactitos
A Venda
Meteoritos Impactitos Acessórios
Artigos

Estherville (USA)

Siderólito

Mesosiderito

Queda observada

Massa Total: 320kg

O meteorito caiu acerca de 5km ao norte de Estherville, Iowa, dia 10 de maio de 1879. Durante o fim de tarde de sábado, muitas pessoas de Estherville e do seu entorno foram surpreendidas por uma terrível explosão no céu. A terra tremeu, portas e janelas vibraram e vidraças foram quebradas. A explosão foi seguida por sons ensurdecedores, e pelo aparecimento do que parecia ser uma bola de fogo vindo do sudoeste para o nordeste. O maior pedaço do meteorito, com 195kg, caiu formando um buraco de quase 2m na fazenda de Sever Lee 3km ao norte de Estherville. O segundo fragmento foi encontrado na fazenda de A. A. Pingrey. Pesando 68kg, foi encontrado em um buraco de mais de um metro de profundidade sobre uma colina a 3km a oeste do primeiro fragmento. Os Irmãos Pietz estavam caçando em fevereiro de 1890 e encontraram o terceiro maior fragmento que pesava 42kg. Ele havia caido em um pântano seco 6km a sudoeste do primeiro fragmento, e havia penetrado 1,5m no solo. Oficialmente são reconhecidos 320kg de fragmentos. Um marco indica o local da queda do maior fragmento.

Fatia 1.7g

Siderólito

Assim como os acondritos e os sideritos, os siderólitos também são originários de corpos cuja matéria primordial sofreu diferenciação. Este material, originário da nebulosa que formou o sistema solar e presente nos meteoritos condritos, sofreu a ação gravitacional ao longo de bilhões de anos dando origem a todos os corpos que conhecemos hoje no sistema solar como o sol, planetas, asteróides, etc. Da mesma forma que os acondritos provêem da crosta e os sideritos do núcleo, os siderólitos, por sua vez, são originários do manto do corpo parental.

Os siderólitos, também denominados ferro-rochosos, são constituídos de uma mistura de ferro-níquel e minerais silicatos.  São meteoritos raros e, dentro de um universo de aproximadamente 36000 meteoritos cadastrados no “Meteoritical Bulletin Database” em Fevereiro/2009, apenas 229 são siderólitos.
Os siderólitos são o tipo mais exótico e inacreditavelmente belo de meteorito, principalmente o do tipo Palasito. Os cientistas reconhecem três classes de siderólitos, sendo que apenas os Palasitos e Mesosideritos apresentam um número representativo de espécimes.